2013-02-19

Media Center a nova velha moda

XBMC (lembre-se dessa sigla!)

Vou escrever aqui sobre algo que vai reforçar uma idéia que eu venho defendendo há anos: futuramente (e ja está atrasado) toda casa/escritório/etc somente precisará de duas coisas: energia elétrica e uma conexão de dados. E se esses dados vierem pela tomada elétrica (também ja está atrasado) as coisas serão mais simples ainda. Ainda falando em futuro, a médio prazo ainda afirmo que as TVs continuarão a existir mas a longo prazo serão extintas. O que teremos serão monitores de computador de tamanhos grandes substituindo as TVs ou até mesmo equipamentos "All-In-One" com sistema operacional e capacidade de processamento.

Hoje muita gente conecta o notebook à TV para assistir filmes e escutar música pelo home theater. Na realidade há muitos anos pessoas fazem isso porém, somente agora isso se popularizou devido às conexões HDMI. Antigamente era uma complicação  pois som e imagem eram em conectores separados e muitas vezes era necessário um equipamento intermediador (conversor) para que um cabo de antena comum chegasse à TV e o vídeo apareceria no famoso canal 3.

Como o que move o mundo é a política do pão e circo essa idéia de ter a flexibilidade do computador na TV fez surgir as atuais SmarTVs porém, isso é para usuários atrasados! Sim, se vc tem uma SmarTV mais cara que seu salário e se acha com mais poder que o síndico do seu prédio esqueça!

Assim como eu dizia que os Set-Top-Box iriam substituir os equipamentos de TV paga (conversor de cabo/satelite) e hoje se compra na Sta Efigênia AZ-Box em toda esquina, eu digo que em um ou dois anos essa infestação será substituída pelos micro-pc.

Há alguns anos já se encontra no mercado os micro-pcs. E para tornar a explicação mais fácil veja esse diagrama do Raspberry Pi:


Essa placa é do tamanho de um cartão de crédito e tem quase todas as conexões possíveis para se conectar à internet e à TV. Veja a placa fisicamente:


Na realidade, como é um computador completo, tem muito mais poder que isso. Um barramento que estende sua conectividade a outros equipamentos:



Mas para o momento a simples capacidade de transformar uma TV (ou mesmo um automóvel!) em um computador completo já deixa todo o conceito de SmarTV obsoleto visto que tais TVs são "empedradas" forçando o usuário a assistir, por exemplo, somente transmissões do Netflix enquanto este poderia escolher entre Netflix, Joost, Google Video, Youtube, Netmovies, etc... Para aumentar a obsolência das atuais SmarTVs imagine que a já consagrada tecnologia de nuvem também pode ser acessada (lembre-se é um computador completo!).

Quer ver o que essa idéia é capaz de fazer? Veja o vídeo onde a TV é transformada em um Media Center e controlada por um celular Android qualquer... se não tiver paciência para ver o vídeo todo avance até 15:40 que ja dá para ter uma idéia:


Isso ja é uma realidade e esse padrão de "media center" (software instalado no Raspberry) do vídeo se chama XBMC. O XBMC foi originalmente criado para o XBox mas acabou caindo no gosto mundial por ser gratuito e de aplicabilidade flexível (veja que está no celular e na TV ao mesmo tempo).

Um software de media center nada mais é que um gerenciador de fotos, vídeos, músicas, estações de rádio e tv, etc... Quem precisa de TV a cabo ou mesmo um rádio comum se tiver um media center?

Gostou? Então lembre da sigla: XBMC. Provavelmente você vai precisar saber se sua próxima TV (novamente: ou seu próximo carro) é compatível com um padrão qualquer de media center (como o XBMC). Ou mesmo comprar um set-top-box compatível com esse padrão.


.

Nenhum comentário: