2013-04-07

Como acabar com mosquitos e água verde em fontes ornamentais sem peixes.

Vou registrar aqui uma idéia que eu tive... talvez sirva para mais alguém.

Aqui em casa eu tenho uma fonte de jardim parecida com essa:


E por muito tempo eu tive problemas com a água verde e as intermináveis larvas de mosquito.

Durante esse tempo eu jogava um pouco de água-sanitária sempre que lembrava mas assim que o efeito passava lá estavam as larvas novamente e a casa infestada de mosquitos. Tentei colocar peixes para comer as larvas mas a fonte não foi projetada para tê-los e com isso não consegui adaptar um filtro atrás.

Depois de muito pensar (e me coçar) tive uma idéia que aparentemente está funcionando.

Eu ficava tentando imaginar como adicionar a água sanitária de modo automatizado e foi quando eu lembrei daqueles cloradores flutuantes de piscina e pensei que seria uma boa de ter esse tipo de solução de longa duração na fonte.

Não demorou muito e a idéia veio!

Com R$4,00 comprei um tablete de cloro desse aqui:


 Esse tablete inteiro trata 30 mil litros de água. A minha fonte tem cerca de uns 10 litros e para tentar compatibilizar essa disparidade o que eu fiz foi quebrar uma pequena lasca (do tamanho de uma azeitona) desse tablete para colocar dentro da fonte mas aí surgiu um novo problema. Se eu colocasse direto na fonte a pedrinha de cloro iria manchar ou mesmo corroer o fundo da fonte causando um problema feio.

Não resolve muito eliminar um problema e causar outro. Eu precisava de algo de fácil substituição para ser corroído pelo cloro no lugar de jogá-lo direto. De tudo que eu pensei vidro seria a única solução então, fui procurar um pote na minha caixa de vidros para preparo de pimentas. O pote precisava ser pequeno o suficiente para ficar totalmente submerso. Acabei achando um pote (vazio, óbviamente) desse tipo:


Aí tudo se resolveu... coloquei a lasca de cloro dentro dele e o conjunto num lugar escondido atrás de umas pedras decorativas da fonte. A altura da água é o dobro da altura do pote o que permite um bom fluxo de água dentro do pote sem fazer a lasca sair de lá de dentro.

Com duas horas de água circulando o cheiro de água de piscina já era visível e as larvas de mosquito já não apresentavam mais atividade.


. dengue zika febre amarela chikungunya aedes aegypti mosquito

3 comentários:

Unknown disse...

Boa tarde amigo.
Também tenho uma fonte, que serve para os pássaros, tens alguma ideia para resolver. Grato.

Unknown disse...

E os pássaros como ficam....Também tenho uma fonte.
Grato.

Willian disse...

Desculpa a demora na resposta....
Para essa sua fonte você tem duas alternativas. A mais fácil é usar um filtro simples bem parecido com filtro externo para aquário pois vai filtrar a biologia exagerada e as larvas de mosquito. A mais complexa é ir colocando pedrinhas de cloro pequenas até atingir o equilíbrio entre a proliferação da biologia (algas e larvas) e o cloro de modo a ter água clorada igual à da torneira da sua casa. Isso vai dar trabalho pois vai ter que ficar monitorando mas depois de um tempo você vai ter relação entre a medida de cloro e o tempo de consumo. Daí pra frente é só rotina de manutenção. ;)